segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

JÔ E CARLOS VEREZA CRITICAM LULA, ENTREVISTA FOI CENSURADA

video

Como na ditadura o presidente Lula mostra a sua verdadeira face ao censurar a entrevista realizada pelo apresentador Jô Soares com o ator e diretor Carlos Vereza. Na entrevista Vereza faz sérias criticas ao atual presidente ao dizer que com Lula o país criou uma “glamorização da ignorância”, além de afirmar que como cidadão brasileiro a maior vergonha que viu no país foram os casos do “mensalão” do “dinheiro na cueca” e o projeto de poder e autoritarismo do presidente Lula. A censura ao programa é o aprendizado que Lula esta tendo com Sarney e seu grande objetivo é montar uma oligarquia como a criada no Maranhão, só que agora a nível nacional sendo a Dilma comandante pelos próximos 4 anos e depois voltando Lula a presidência. Vale lembrar também do filme lançando a pouco “Lula o filho do Brasil”, que coincidentemente foi bem perto das eleições, o vício a própria imagem é bem típico de comandantes como Getulio Vargas, Hitler e Mussolini.

9 comentários:

  1. Não sou lulista, mas para o discurso não ficar partidário temos que falar dos podres do outro lado também... O dinheiro na cueca foi da galera do PT, mas o dinheiro nas meias foi do pessoal do DEM, na figura de José Roberto Arruda - eleito com apoio do PSDB pouco depois de renunciar ao mandato de senador para evitar a cassação -, mineirinho ladino que sempre foi unha-e-carne com Aecinho. Tem podridão no governo Lula e na oposição também.

    ResponderExcluir
  2. E mais: a entrevista não foi censurada: eu vi ao vivo na Globo.

    ResponderExcluir
  3. Concordo com tudo o que o Vereza disse, mas a criação histérica de uma "censura" ditatorial é um golpe desonesto que acaba igualando aos criticados. Esse vídeo não "vazou", foi visto por milhões de brasileiros ao vivo. A crítica, para ser válida, tem que permanecer fiel à verdade, como nos deu exemplo o grande ator Carlos Vereza.

    ResponderExcluir
  4. O Vereza esqueceu de dizer sobre a compra da reeleição,e só pra constar, assisti toda a entrevista no programa do Jô e sem cortes.Esse negocio e vazamento é uma grande mentira. Acorda Brasil!!! Tem gente perdendo dinheiro, pois o dolar esta baixo. Esperem e verão e saberão do que falo.

    ResponderExcluir
  5. O Vereza é deputado do PSDB? Pois o discurso
    parece muito afinado. Só pra lembrar, não foi
    FHC que disse não ser possível fazer política
    com assepsia? Lembram da reeleição? Aí pode, não
    é Vereza? Sei. E Jô, batendo bola com o ator?
    Digno de Oscar. "Verezas", "Jôs", meias-verdades,
    meia-luz ... Compreensível.

    ResponderExcluir
  6. Ainda que se fosse verdade, a situação encima desse fato é crítica e muito grave, mas vale a pena lembra que ainda estamos em um país “semi-democrático”, que "por enquanto" nos confere o direito de manifestarmos e lutarmos por nossos diretos, direitos esse que inclui principalmente a liberdade da imprensa "verdadeira e transparente" encima daquilo que é divulgado, ao contrário de tudo aquilo que nos tentam passar ”engolir a seco”.

    ResponderExcluir
  7. a coisa mais importante na vida é o nome da pessoas e sua trajetoria de vida, independente de tudo que esta ocorrendo as pessoas pela sua carencia economica se tornam cega pelas vantagens de um misero salario minimo ou um ajuda de custo de bolsa familia, como podemos colocar uma individuo no poder com uma ficha corrida que nem a candidata do pt, desde o collor nunca mais votei na vida, mas fico com medo do meu pais virar um pais como o do Hugo chaves sem liberdade de expressaão que foi vitima da ditadura quer implantar a ditadura ao seu povo? anonimo

    ResponderExcluir
  8. Prezado Ninguém,

    O Senhor citou, nesse nobre e esmerado texto, alguns pormenores sobre a figura do ex presidente Lula. Em certa linha, depois de tantas outras honorárias, versadas pelo senhor, eu não entendi quando fica bem explícita a palavra "rejeição".

    Até hoje, isso é fato, o nosso ex presidente ainda sofre vários elogios, condecorações, méritos, graças a sua liderança em nosso país. Pelo que eu me lembre, na sua gestão ele não foi nem um pouco rejeitado, pelo contrário: ele foi o presidente mais aceito no Brasil, mais "popular", mais querido, o menos REJEITADO.

    Lamento, se ele fez com que o pobre possa hoje estar com carro; se o pobre hoje pode viajar para o exterior; se uma pessoa com seus 40 anos de idade, que há 10 anos atrás era analfabeta, e hoje veste um jaleco; não posso fazer nada, senhor espírita, se o pobre ontem é, hoje, graças as oportunidades e sua luta, seus estudos, é um advogado, um doutor de medicina.

    Essa é a "rejeição" de Lula? Esta é a doença psíquca que o ex presidente carrega?

    A humildade, respeito e principalmente o amor ao próximo são ensinados no "Evangelho Segundo o Espiritismo", pelo menos o qual eu li, aprendi assim.

    Ah, ia me esquecendo... Só concordei com a letra do suicida "Kurt Cobain" citada pelo senhor também, e que o rock não é coisa do diabo como pensam muitas pessoas. Mas o pagode, senhor, esta musica genuinamente NOSSA, tem de ser respeitada.


    PAZ

    facebook/sillumats

    ResponderExcluir